A base de dados da Bibliografia de Textos Antigos Galegos e Portugueses consta de um catálogo unido para todos os textos originariamente compostos em galego-português, português e galego ou traduzidos para estes idiomas durante o período medieval.

Para os textos em prosa anteriores a 1501, BITAGAP tem em conta todas as obras literárias, ao lado de textos históricos, legais, religiosos, científicos, medicinais, etc., excluindo somente os documentos notariais. Os conteúdos de todas as colecções de textos hagiográficos, presentemente conhecidas, e de leis de todo o reino são devidamente especificados. Também são incluídos certos textos em prosa ditos «clássicos» (tais como a Notícia do Torto e o conjunto de crónicas portuguesas dos fins do século XV e inícios do XVI, especificamente as de Rui de Pina, Duarte Galvão, Cristóvão Rodrigues Acenheiro e de Gaspar Correia), os quais, não correspondendo exactamente aos princípios descritos acima para a cronologia ou tipo de textos, são relevantes para o estudo dos itens oportunamente registados.

Para a poesia, a data limite é fixada em 1520, seguindo a prática de Brian Dutton (1982, BITAGAP bibid 1717), o que permite a inclusão, como fontes primárias, de cancioneiros dos começos do século XVI, que contêm obras compostas durante o período focado, isto é, anteriores a 1501, e. g., o Cancioneiro Geral de Garcia de Resende (1516) e os seus derivados, bem como o Cancioneiro Musical da Biblioteca Nacional (c. 1520). Por conseguinte, BITAGAP recolhe e individualiza todos os textos da antiga poesia galego-portuguesa (séculos XII-XIV), assim como os textos poéticos portugueses e da «Escola Galega» do século XV e do início do imediato, tanto profanos como religiosos.

A BITAGAP também regista os textos encontrados e atribuídos a este período—quer em prosa quer em verso— considerados perdidos, problemáticos e apócrifos.

Todos os testemunhos manuscritos de um texto, sejam do período em questão ou posteriores, são considerados como fontes primárias. Também o são todos os incunábulos, acrescidos de impressões posteriores derivadas (principalmente mas não de forma exclusiva até ao século XVIII). A maior parte das impressões críticas e comerciais, aparecidas entre os séculos XVIII e XXI, são, contudo, identificadas na secção bibliografia de REFERÊNCIA.

A secção bibliografia de REFERÊNCIA inclui itens de interesse directo para as descrições, localização e edições de manuscritos, bem como para impressões antigas dos textos. A bibliografia registada contendo apreciações críticas e estudos tematicamente orientadas é extensiva, mas NÃO é exaustiva.

Fuentes de financiación: Fontes financeiras: The Portuguese Studies Program, University of California, Berkeley; The Center for Portuguese Studies, University of California, Santa Bárbara; The Center for Galician Studies, University of California, Santa Bárbara; The Library, University of California, Berkeley; The Bancroft Library, University of California, Berkeley; The National Endowment for the Humanities, Washington D.C.; Hispanic Seminary of Medieval Studies, Hispanic Society of America (antes na Universidade de Wisconsin); DataBase Design & Engineering, Walnut Creek, Califórnia.

Coordinador: Arthur L-F. Askins.

Fuente: formulario de detección de casos.

Tags:


¿Eres un investigador o perteneces a esta entidad?

Si hay algún dato que desees modificar, indícalo a continuación como comentario.

Deja un comentario

  • (no será publicado)